segunda-feira, 23 de abril de 2007

Crônicas de Nárnia e o Evangelho

Assisti ao Filme pela primeira vez na semana passada, e já tinha ouvido falar que o autor (C.S Lewis) baseou-se em muitos aspectos do Evangelho na criação do livro, e que foram amplificadas no filme.
Sabia que o autor era cristão, e que era ateu anteriormente, e que havia escrito vários livros cristãos, mas não tinha assistido ao filme ainda (nem lido ao Livro).

Vou citar algumas cenas em que percebi comparações com o evangelho de Cristo:

1º- O fato do armário (Natural) levar até ao mundo de Nárnia (Espiritual).

Isso nos mostra que Deus usou de meios naturais para revelar o espiritual aos homens, pois a Bíblia foi escrita por homens (natural), mas através da Revelação sobrenatural e Espiritual do Espírito Santo.

Se Você olhar uma Bíblia com os olhos naturais, você verá uma capa, Várias páginas, vários textos, e vários livros, números de versículos e capítulos, MAS...

Ao Ler com o coração, você vai ver que ela não é apenas um livro qualquer, mas que Ela te levará a conhecer a Deus, ao diabo (origem e causador do mal na terra), e a Jesus Cristo, que é a prova do Amor de Deus por nós, que morreu na cruz por nós, para nos salvar e nos tornar filhos de Deus.

2º - Apenas a menina (Lucy) entra e depois o seu irmão, mas os irmãos mais velhos não vêem nada no primeiro momento...

Jesus disse: "quem não se fizer como uma criança, não entrará no reino de Deus "

E é por isso que Jesus quer que creiamos Nele, entreguemos nossa vida a Ele, morramos para o pecado, e nasçamos de novo Nele, como novas Criaturas e Filhos de Deus (como Crianças).

A Bíblia diz "seja excelente para o Bem e inocente para o mal”, querem melhor exemplo disso do que crianças?

3º - A Figura do Diabo representado através da Feiticeira Branca, que diz ser rainha de Nárnia.

O Diabo acha que é o dono do mundo, mas ele é mentiroso.

Ele roubou o controle do mundo (que foi dado por Deus ao Homem) através do pecado de Adão...

Ao enganar Edmund com os doces e a astúcia, vemos que o diabo engana os seres humanos com as tentações...

Tentações essas que no inicio são boas (aparentam ser), mas depois aprisionam, escravizam e maltratam as pessoas.

4º O poder do pecado e a Graça de Deus.

A Lança da Feiticeira simboliza o pecado, que aprisiona, e faz separação entre o homem e Deus.

Percebam que no início do filme, Nárnia está congelada, fria, sem cor e cinzenta...

E esse mesmo gelo aumenta a coroa da feiticeira.

O pecado no mundo faz com os homens estejam longe de Deus (Isaías 59:1-2), que Criou o ser humano com livre-arbítrio, e respeita essa Liberdade, sem forçar o Homem a Crer Nele e ter comunhão com Ele por obrigação.

Por isso, a Bíblia diz que "o Mundo Jaz no Maligno".

5º - A Intercessão e a Libertação de Edmundo.

Ao falarem com Aslan sobre a prisão de seu Irmão (oração e intercessão), Ele manda (resposta da oração) seus guerreiros (anjos) para combaterem com os servos (demônios) da feiticeira (diabo).

Se vocês observarem, verão que poucos guerreiros (anjos) derrotam facilmente muitos demônios, ou seja, Deus é soberano e poderoso.

6º - O Pecado dos Homens e o Perdão Incondicional de Jesus.

Aslan perdoa Edmundo, e diz "Seu passado está limpo para mim, você está perdoado".

A Bíblia diz isso em II Coríntios 5:17 "Todo Aquele que está em Cristo é nova Criatura, o Passado já se foi e eis que tudo se fez novo” ·

7º - A Feiticeira vai a Aslan, acusa Edmundo e diz que segundo a regra de Nárnia, Edmundo é dela agora, e tem que pagar pelo que fez.

"O Salário do Pecado é a Morte...” (Romanos 6:23a)

Mas Aslan Diz que vai se entregar no Lugar de Edmundo.

"Mas o Dom Gratuito de Deus é a vida Eterna" (Romanos 6:23b)

8º- Aslan se entrega em sacrifício por Edmundo.

Ali vemos uma Representação da Crucificação, e vemos que Jesus entregou a si mesmo por nós. (Isaías 53)

9º - Mas Ele Ressuscita e explica o conceito do sacrifício Expiatório de um Inocente, e diz que sem derramamento de Sangue, não há perdão.

Jesus é o Sacrifício perfeito e eterno.

Jesus nunca Pecou, mas pagou em nosso Lugar pelo preço do Pecado, que é a Morte.
A Morte reina no Mundo por causa do Pecado, tipo uma lei de ação e reação, por causa do Pecado de Adão.


(Vejam isso em Romanos 5:12-19)

10º Uma Hipótese sobre o Porquê do Nome Aslan.
O personagem se chama Aslan porque simboliza que Jesus é o segundo Adão.
(Adão em Inglês -> Adan)

“Assim também está escrito: O primeiro homem, Adão, tornou-se alma vivente; o último Adão (Jesus Cristo), espírito vivificante”.
(1Coríntios 15:45)

11º - Peter ganha de Presente uma Espada e um Escudo.

Que simbolizam a Espada do Espírito (Palavra de Deus) e o Escudo da Fé.
(Efésios 6:10-17)

12º Na hora da Batalha, Edmundo quebra a Lança da Feiticeira com a espada.

Nisso vemos que através da Palavra de Deus (Espada) podemos quebrar o poder do Pecado em Nós.
"Conhecereis a Verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32)

E Davi, no Salmo 119 diz: "Guardei a Tua Palavra em meu coração para não pecar contra Ti”·

13º Aslan Vivifica os que foram petrificados pela lança da Feiticeira.

Só Jesus Pode Vivificar aqueles que estão mortos no Pecado!

"Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo,
segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos;
e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais.
Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos),
e nos ressuscitou juntamente com ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus"
(Efésios 2:1-6)

14º As Crianças são Coroadas e tem seus nomes mudados: A Formação da Igreja de Cristo.

"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”;
(1 Pedro 2:9)

15º A questão do tempo em Nárnia

Eles saem de Nárnia, e parece que passou muito tempo, mas o tempo está no mesmo lugar em que quando entraram lá através do Armário.

Um dia para Deus é como 1000 anos e 1000 anos como um dia.

16º Eles conversam com o Tio sobre Nárnia (a segunda vinda de Jesus, e o arrebatamento da Igreja):

E Ele os fala que Aslan (Jesus) vai voltar quando menos esperarem, e que eles devem manter seus olhos abertos, ou seja: Vigiar!

13 comentários:

Raphael Rap disse...

Pôxa, boa análise e minuciosa de muitos detalhes que nos escapa à analogia...
Teu blog é interessante...
Falows

WIlton disse...

E aew Brow....tava dando uma passada na net e achei seu blog....muito massa aew! Essas idéias aí de nárnia: mil!

elianecasada18@hotmail.com disse...

não tenho nem como dizer,que no seu modo de ver,e de relacionar os fotos, foi muito bom para mim e para muitas outras pessoas,pudi ter uma pespectiva diferente do filme, e é reamente maravilhoso,muito obrigado e que Deus lhe abençoe cadavez mais um abraço amigo.

proibithion disse...

se voce soubesse o quanto me tocou isso ai, faça um video, com fotos mesmo e suas observações e lance ao youtube.
bjo e que Deus seja sempre com vc

Albérley Ramos disse...

Muito boa a analogia, em relação a Palavra de Deus. Mexeu muito comigo... as lágrimas desceram... Deus está usando meios de grande amplitude como o Cinema, pra mostrar ao mundo quem ele é. Para que ninguém tenho desculpa de que nunca soube, ou que nunca ouviu falar de sua Palavra, de sua verdade e de seu Amor. Que Deus continue a mover as águas.

Anônimo disse...

GENTE O QUE ESSE EVANGELICO ESCREVEU FOI UM PLAGIO TA!!!!! NA VERDADE QUE ESCREVEU ESSE ARTIGO TEM NOME ELE CHAMA "SERGIO FERNANDES" NESSE ENDEREÇO NO BLOG DELE TB TEM VARIAS ARTIGOS DE OUTROS FILMES
ps: COISA FEIA COPIANDO COISA DOS OUTROS...

Júlio César disse...

Como dono desse blog (e obviamente moderador do mesmo) eu poderia ter excluído o comentário acima, evitando que ele fosse publicado.

Porém, ser acusado de plágio de um texto que é meu é o cúmulo do absurdo mesmo...

A pessoa acima cita Sérgio Fernandes como autor do texto, mas olha só o que ele próprio diz em seu blog:
"Quero registrar aqui uma interessante reflexão sobre o filme “As Crônicas de Nárnia: o Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa”, FEITA POR JÚLIO CÉSAR (Taubaté/SP).

http://sergiofernandes.wordpress.com/2008/02/02/cronicas-de-narnia-e-o-evangelho/

Caro Anônimo, quando for fazer acusações, certifique-se que isso se trata da verdade e não apenas de picuínhas de cunho religioso (vide: esse Evangélico)

Que Deus te abençoe e ilumine a sua mente

camila disse...

poxa mto boa sua analise
realmente eu tbm vi esse filme e notei que havia semelhança com o evangelho.
um abração

Lucas Dantas disse...

Graça e Paz meu querido, muito interessante essa postagem, prova, que o Mundo é baseado na bíblia e na vontade de Deus, se não se importa, copiei e colei no meu blog, vou fazer uma relação no meu com o filme "Star Wars", em toda a hexalogia, fala sobre discipulado, entre outras situações bíblicas, fica com Jesus irmão, abraços.

RaYeLlY disse...

A Paz do Senhor meu querido, muito bom o seu modo de relacionar o filme com a Bíblia Sagrada, meus parabéns por seu belissimo trabalho.
Que Deus continue lhe usando...
Fica com Deus.

Gleyson Mikael disse...

Parabéns pelo blog e pela análise minuciosa. Realmente C. S. Lewis foi brilhante fazendo alusões ao evangelho em As Crônicas de Narnia.

Flávio B. S. dos Santos disse...

Olá, Hermano.
Procurando material para o meu TCC encontrei sua análise. Li e achei fantástica! Por sinal, a análise que faço em meu trabalho é parecida com a análise que você fez.
Citarei o seu blog nas minhas "Referências" de pesquisa.
Se quiser, mande-me um e-mail para: flaviusprofessor@yahoo.com.br para que eu possa mandar-lhe uma cópia do meu trabalho quando tiver pronto.
Em vários pontos da minha pesquisa pedi auxílio de vários pastores amigos.
Ore para que no dia de minha apresentação eu possa glorificar o nome do nosso Deus em meio a Mestres e Doutores céticos, ateus etc.
JESUS o abençoe.
Abraços.

julio disse...

Muito interessante o sua análise, na primeira vez que vi o filme eu não tinha percebido as semelhanças por não conhecer bem o evangelho de cristo(mesmo frequentando a igreja), só fui me aprofundar no assunto depois que o bispo da minha igreja falou sobre o filme e as semelhanças com a bíblia, sobre o nome de Aslam vem do turco e significa leão, e nos livros ele é chamado de "Filho do Imperador Além Mar" que significa que ele é filho de Deus. Outro fato interessante é sobre a criação de Nárnia, no livro O Sobrinho do Mago, Aslam criou Nárnia com seu canto e todas a criaturas falantes e no mesmo dia da criação a Feiticeira Branca que representa o Diabo chegou em Nárnia e lá comeu uma maçã que lhe deu imortalidade e depois tentou fazer com que um menino comesse a maçã,só que ele não comeu e sim levou para a mãe dele que estava doente isso cumprindo as ordens de Aslam. Sou grande fã desta obra, e no ultimo livro cita ainda mais a bíblia, só que fala sobre o Apocalipse, e o fim de Nárnia