quinta-feira, 1 de julho de 2010

Um Amor Eterno e duas possíveis respostas

Certa vez ouvi alguém dizer: "ah, minha vida está ruim, acho que Deus Não me ama", e hoje sei que essa pessoa disse a coisa mais estúpida que se pode dizer.

Hoje sei que estava errado em pensar daquela forma...
sim, EU era aquela pessoa.

Como humanos, temos maneiras estranhas de medir o amor e até exigir provas desse amor.

Provas que não são necessariamente as que precisamos receber, mas a que queremos.


Sim, presentes, agrados, tudo para o nosso EGO que tanto quer ser servido e agradado !

Sim, Deus nos ama, mas não para ser nosso empregado, pois ser MIMADO não é ser AMADO !

Se você disser: "Deus, se você não me fizer isso, isso e isso, você não me ama", VOCÊ NÃO ESTÁ BUSCANDO PROVA DE AMOR NENHUMA !

Sim, Barganhas e chantagens emocionais são as especialidade do EGO.

Alías, temos que lembrar que o EGO é algo ligado à natureza carnal e pecaminosa do ser humano...

Falando nisso, o amor que Deus nos oferece Gratuitamente para nós (mas com um altíssimo preço para Ele) é um amor espiritual !

Veja só isso;

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."
(João 3:16)


Aqui vemos 3 características do amor de Deus:

1 - MODO/INTENSIDADE: de tal maneira, de maneira grandiosa e não de QUALQUER maneira;

2- Consequência desse grande amor: dar seu filho unigênito;

3- Razão/motivo para isso: Livramento da condenação Eterna de todo aqueles que crerem Nele e ainda a Vida Eterna;


Será que podemos medir o que isso significou ? Creio que não !

E como temos recebido e respondido a esse amor ?

Confessando-O com grande estima em nossos lábios, mas menosprezando-O na prática, deixando com que paixões temporárias apaguem um Eterno amor ?

Gostaria que você assistisse o vídeo abaixo e refletisse um pouco nessa questão...

Faça isso, pelo bem da sua alma !




video

Um comentário:

Renata Flávia - CDC disse...

Por muitas vezes deixamos o EGO falar mais alto, porque é isso o que o mundo impõe: TER mais que SER.
E é fácil ceder aos desejos do ego, da carne.

Mas nós, que reconhecemos o sacrifício que Jesus pagou na cruz, valorizamos outro tipo de TER, o TER de Deus! Ter do amor, da paz, da alegria dEle, ter uma vida totalmente restaurada e mais um monte de coisa que nem se compara ao que o mundo nos oferece!
Essa mensagem foi muito boa, uma pena que não consegui acessar ao vídeo.
Colocarei seu blog nos favoritos do meu, ok?

Fique na paz do Senhor!